Saúde e Bem Estar

Afogamento Secundário: O que É, Por que Acontece e Como Evitar

Afogamento Secundário: O que É, Por que Acontece e Como Evitar

Provavelmente você nunca ouviu falar em Afogamento Secundário, mas isso não significa que não seja importante entender o que é e como evitar. Apesar de não ser muito frequente, o afogamento secundário é o tipo de situação que exige atenção imediata, especialmente por ser muito frequente em crianças.

O que é Afogamento Secundário

O nome "afogamento secundário" é usado para definir situações em que alguém é submetido a uma situação de quase afogamento, como ocorre quando se perde a consciência após ingestão de grande quantidade de água, mas o indivíduo responde bem à manobras de reanimação e recupera a consciência. 

Durante o período de 48h até 72h que se segue ao episódio, num caso de afogamento secundário há redução progressiva da função pulmonar que pode levar ao aparecimento de sintomas como: dificuldade para respirar, tosse muito forte, fadiga e alterações neurológicas (perda da memória, dificuldade de concentração, afasia etc).

Por que acontece?

A explicação é bastante simples, os sintomas são desencadeados pelo contato da água que foi aspirada com os alvéolos, unidades funcionais essenciais para a dinâmica pulmonar. Isso gera uma espécie de irritação que faz com que haja perda de surfactante, substância produzida pelos pneumócitos de tipo 2 nos alvéolos que impedem o colabamento do pulmão. Isso gera o desconforto respiratório, a tosse, o cansaço e outros sintomas que resoltam da oxigenação inadequada dos tecidos.

Como Evitar?

Um método bastante eficaz de evitar o afogamento secundário é garantir que indivíduos que passaram por um quase afogamento fiquem em observação no hospital por pelo menos algumas horas. Casoa reanimação tenha sido feita no local do afogamento, é essencial que a vítima seja avaliada por um médico antes de ser liberada para a casa.

Mas e você, o que achou das dicas que nós separamos sobre afogamento secundário? Elas foram úteis para você? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.