Mamãe, Bebê e Criança

Alimentos Recomendados para Grávidas – O que Evitar

Alimentos Recomendados para Grávidas – O que Evitar

Vários alimentos são proibidos na gestação e outros são alimentos recomendados para grávidas. A maternidade deixa a mulher mais sensível, devendo ter certos cuidados com o que comer, beber para evitar  mal formação do feto, evitar problemas com a mamãe, que na maioria dos casos fica enjoada e com problemas de digestão e gases.

Alimentos picantes e condimentados devem ser evitados pelas gestantes, podendo causar problemas estomacais e piorar o mal estar. Já para que o bebê desenvolva perfeitamente a mamãe deve ingerir vitaminas e nutrientes variados, fazer uma dieta equilibrada e saudável, rica em fibras, líquidos, sem exagerar nas calorias, sendo recomendado engordar de 8 a 12 quilos numa gestação, o que faz bem para a mamãe e o bebê e após o parto o corpo volta ao normal mais rápido. Confira aqui no blog Essas e Outras os alimentos recomendados para grávidas e quais devem ser evitados.

alimentos-recomendados-para-grávidas--

Alimentos Recomendados para Grávidas

 OVOS – As grávidas precisam de proteínas, e uma boa forma de encontrá-las é através dos ovos, que além das proteínas tem vitaminas e sais minerais importantes e poucas calorias. O ovo contém ainda colina, mais uma substância que ajuda no desenvolvimento do cérebro e do corpo do feto. Boa fonte de vitaminas e proteína, de pouco valor calórico e que deve fazer parte da dieta da gestante e nunca comer ovo cru.

 A CARNE BOVINA rica em proteínas, vitaminas do complexo B e ferro não podem faltar na alimentação da grávida. Estes nutrientes encontrados na carne bovina vão promover o desenvolvimento dos tecidos, órgãos, sistema nervoso e músculos do bebê e evitar anemia da mãe. A carne magra como a alcatra e o patinho são as recomendadas na dieta das grávidas.

PEIXES – o peixe cru é proibido para gestantes e os frutos do mar também, por ter grande concentração de mercúrio. Os peixes de cativeiro como a sardinha e o salmão preparados sem gorduras, ou seja, grelhado ou cozido podem fazer parte da dieta da grávida, por serem ricos em ômega 3, além de proteínas, vitaminas A, B, D, E e K e minerais como o ferro, magnésio e fósforo.

AVEIA – rica em fibras solúveis, a aveia é recomendada para a dieta da gestante, por atuar no sistema imunológico, combater o colesterol ruim e atuar na função intestinal. A aveia contém ainda selênio, zinco, fósforo, potássio, ferro, sódio e cálcio. O recomendado é de 1 a 2 colheres de aveia ao dia.

FEIJÃO – rico em vitaminas, proteína, ferro, cálcio, magnésio, carboidratos e fibras, o feijão não pode faltar na dieta da gestante. Ele atua no combate de câncer, doenças degenerativas, promove a saciedade, atua na função intestinal, melhora os níveis do açúcar e colesterol no sangue,

IOGURTE – rico em proteínas e bactérias saudáveis que agem no intestino deixando-o saudável. Na gestação o iogurte atua na formação do cérebro do bebê e dos ossos.

CASTANHA DO PARÁ – com óleos bons como o Ômega 3, a castanha do Pará atua na formação cerebral do feto, sendo recomendado em média três castanhas ao dia.

COUVE MANTEIGA – rica em vitamina A, C, E, ferro, ácido fólico e cálcio. A melhor forma de aproveitar os nutrientes da couve e ingerir ela cru em forma de salada e sucos, acompanhado de vitamina C para potencializar o cálcio e o ferro. Em salada tempere com limão, no suco acrescente limão, laranja ou tangerina.

LARANJA – Como mencionado acima, a laranja é rica em vitamina C, ótima para a absorção do ferro e do cálcio dos alimentos. Para combater gripes e resfriados, prevenir infecções e  melhorar o intestino devido as fibras encontradas na fruta.

FRUTAS E HORTALIÇAS – ricas em nutrientes e vitaminas muito importantes para grávidas.

Alimentos que devem ser evitados

As grávidas devem evitar carnes e peixes crus mesmo antes de engravidar e depois de grávida. O peixe espada, o cação e o tubarão têm níveis altos de mercúrio. O atum deve ser ingerido cozido ou em lata com moderação, sendo dois bifes ou duas latas por semana.

Queijos feitos com leite não pasteurizado ou queijos com fungos como gorgonzola e roquefort devem ser evitados, devido a uma bactéria que causa listeriose, prejudicando o bebê.

O fígado bovino tem excesso de vitamina A da forma retinóica, podendo fazer mal ao feto.

 Mulheres alérgicas devem evitar alimentos causadores de alergia como camarão, castanhas, amendoim.

Bebidas alcoólicas são expressamente proibidas na gravidez.

O fumo é prejudicial ao feto e a mamãe.
Café, chocolate, ver-mate, e chás ricos em cafeína são prejudiciais as gestantes, podendo causar aborto.

Alimentos gordurosos, frituras, excesso de açúcares.

Escreva seu comentário sobre os alimentos recomendados para Grávidas.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.