Saúde e Bem Estar

Biópsia Líquida – Exame de Sangue Detecta Câncer na Fase Inicial Afirma Estudos

Biópsia Líquida

São mais de 8,8 milhões de mortes por câncer ao ano no Mundo segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e 31% mais mortes por câncer no Brasil nos últimos 15 anos.

A novidade é que estudos da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins, com participação do Dr. Alessandro Leal, médico oncologista mostram que através de um exame de sangue, uma biópsia líquida, é detectado o câncer na sua fase inicial de forma invasiva, e o que é melhor com muito mais chance de cura.

biópsia-líquida-detecta-câncer-na-fase-inicial-exame-de-sangue

O estudo foi publicado em 16 de agosto de 2017 na revista Science Translation Medicine e traz grande esperança de que o crescente número de mortes por câncer venha diminuir após o uso des recurso muito importante no diagnóstico prematuro da doença.

Detectar a doença antes dos primeiros sinais ou sintomas é a luta de muitos médicos, o que salvaria muitas vidas, já que o diagnóstico precoce  aumenta a chance de sobreviver ao câncer.

Como funciona a biópsia líquida

As pesquisas indicam que por menor que seja o tumor, ele libera partículas de DNA no sangue, que pode ser identificada através do exame de sangue, a biópsia líquida. Este exame de sangue mostra rastros da doença no estágio inicial. A biópsia líquida identifica vestígios do código genético circulante no sangue e o prazo para ele estar sendo utilizado no diagnóstico do câncer é de dois a cinco anos.

Cânceres de mama, de pulmão, intestino e ovários são os tipo da doença com maior incidência de morte  e a biópsia líquida não invasiva com certeza vai diminuir esta trágica realidade.

Escreva seu comentário.

Assuntos do Artigo:
  • croche e tapetes

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.