Informação Mamãe, Bebê e Criança

Como Adotar uma Criança ou Adolescente: Cadastrar no CNA, Entrevistas

.

.

………………Você já pensou em adotar uma criança??? Felizmente muitos casais que antes torciam o nariz para a prática hoje vêem a adoção de forma mais humana, como um meio de dar amor e carinho a quem sonha em ter uma família. Se antes apenas casais que não podiam ter filhos adotavam, hoje existem grandes famílias formandas por filhos biológicos e adotados.

………………É preciso ter em mente que adotar, amar e educar uma criança ou um adolescente é uma grande viagem, sujeita a muitas alegrias e algumas dificuldades. A burocracia é um dos grandes obstáculos enfrentados por quem deseja adotar um bebê, criança ou adolescente. Neste post nós falamos um pouco mais sobre o processo de adoção legal.

.

………………Quem pode adotar?

………….Qualquer pessoa maior de 18 anos, casada, solteira, viúva, divorciada, pode se candidatar a adotar uma criança ou adolescente. Não existe idade limite, mas é preciso ter condições de criar um filho, o que faz com que pessoas com mais de 80 anos tenham chances reduzidas. O candidato precisa ser 16 anos mais velha do que o adotado.

.

.

………………O que é preciso fazer para entrar com um pedido de adoção?

………….O primeiro passo é procurar o Juizado da Infância e Juventude mais próximo da sua casa.  Os documentos necessários são: RG, dados familiares, comprovante de residência, comprovante de renda, atestado de sanidade física e mental, certidão negativa de antecedentes criminais e mais algum que for pedido pelo Juizado. O ideal é pedir maiores informações sobre as etapas do processo de habilitação com algum funcionário de lá.

.

………………Como ser aprovado?

………….O segundo passo são as entrevistas com assistentes sociais e psicólogos. Eles farão perguntas para asber qual o seu interesse em adotar uma criança e te ajudarão a refletir acerca da emoção e da responsabilidade desta ato. Vale lembrar que filhos são para a vida toda e o bem estar deles deve estar em primeiro lugar.

………….Você também receberá a visita de uma assistênte social em sua casa. Ela conversará com todos inclusive seus filhos biológicos, caso os tenha. Se depois disso você for aprovado, todos os seus dados entrarão no Cadastro Nacional de Adoção (CNA).

.

.

………………Como escolher a criança ou adolescente que quero adotar?

………….Durante as entrevistas você pode expressar sua preferência. Infelizmente a maioria dos candidatos buscam bebês brancos, uma vez que a maior parte dos jovens esperando por um lar são crianças negras. Todas suas informações serão cruzadas com o das crianças na lista de espera pelo CNA, até que surja alguma que se adapte ao perfil escolhido.

………….Caso você já conheça a criança ou adolescente que pretende adotar, vale lembrar que é preciso que seus pais sejam falecidos ou desconhecidos, ou eles tenham perdido o poder familiar. A adoção também é permitida quando a criança ou adolescente é afastado da família biológica por conta de negligência ou maus tratos e todas as tentativas para que ela retorne à família falham.

.

………………Quando eu me encontro com meu novo filho?

………….Depois que todas as etapas anteriores forem cumpridas só resta esperar um telefonema para que você seja convidado a conhecer  o jovem. O primeiro contato deve ser delicado e gradual, provavelmente você passará alguns finais de semana com o filho ou filha antes de levá-lo para casa. É possível que você receba uma declaração de guarda provisória antes da certidão oficial.

.

………………O que você achou das dicas??? Deixe o seu comentário.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.