Dietas e Exercícios Físicos

Como Evitar o Efeito Sanfona em Dietas para Emagrecer

Como Evitar o Efeito Sanfona em Dietas para Emagrecer

como-evitar-efeito-sanfona-dicas-

Segundo médicos especialistas em dietas, o efeito sanfona é prejudicial à saúde. Emagrecer e voltar a engordar após dietas severas traz efeitos negativos a saúde. As flutuações de peso alteram nosso organismo podendo levar a doenças como intolerância à glicose, gordura no figado, hipertensão entre outras.

Uma das causas do efeito sanfona é a dificuldade de perder os últimos quilos para o peso ideal, que insistem em ficar, fazendo com que a pessoa desanime da dieta, voltando a engordar.

Algumas dicas são importantes para alcançar o peso ideal, sem que o metabolismo diminua devido a resistência do organismo a emagrecer levando ao efeito sanfona.

A cada dieta fracassada ganha-se mais peso e perde-se menos na próxima dieta para emagrecer. Não recuperar a gordura perdida é o ideal, deixando-nos livre do efeito sanfona. A luta do organismo para se adaptar ao novo cardápio e viver com menos sem emagrecer existe e no final da dieta, emagrecer os últimos três a quatro quilos se torna mais difícil.

Cuidados para evitar o efeito sanfona

 – Faça uma consulta com um médcio ou nutricionista para passar uma dieta recomendada para você em especial;

 – Tenha bastante atenção com a dieta escolhida, seguindo-a a risca até chegar ao peso ideal;

 – Peça ao seu médico uma dieta para manter o peso após chegar ao peso ideal;

 – Variar os exercícios e alterar as séries é uma saída para continuar emagrecendo. Os exercícios devem ser feitos com regularidade.

 – Beber bastante água, ou seja, o suficiente, ajuda a perder peso e o funcionamento do intestino e fígado. Uma boa dica para saber se está bebendo água suficiente, é ver a cor da urina, que deve estar clara;

 – Comer de 3 em 3 horas deixa o metabolismo acelerado e faz emagrecer. Pular refeições age ao contrário, fazendo com que o metabolismo diminua e consequentemente ganha-se peso;

Alimentos para manter dieta e evitar efeito sanfona

 – Mantenha os níveis baixos de ingestão de açúcares, gordura e carboidratos de alto nível glicêmico;

 – Prefira carnes magras, aves, peixes e laticínios desnatado;

 – Opte por carboidratos de baixo índice glicêmico, como a batata doce, cereais integrais, granola, grãos;

 – Não se esqueça das fibras encontradas nas verduras, frutas e legumes, que atuam no bom funcionamento do intestino e na saciedade;

 – Os alimentos termogênicos elevam a temperatura do corpo, levando a queima de gordura e aumentando o metabolismo. A pimenta, o gengibre, o chá-verde, a canela são boas opções de alimentos termogênicos;

 – A castanha do Pará, o azeite de oliva, abacate, a linhaça, a chia são exemplos de gordura boa, que devemos ingerir;

 – Ao montar seu prato nas refeições principais, faça-o com metade de folhas e legumes e a outra metade com pequenas porções de carboidrato e proteínas.

Siga as instruções acima para evitar o efeito sanfona e monte sua dieta com um médico especialista.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.