Meio Ambiente

Como Funciona o Mercado de Créditos de Carbono e Venda de Commodities

.

.

……………..Desde 1997, quando foi criado, muito se ouve falar a respeito do Mercado de Créditos de Carbono. Mas você sabe realmente como ele funciona?! O projeto que faz parte do Protocolo de Quioto foi fundado pelos 184 países membros da ONU e entrou em vigor em 2005.

……………..Os países signatários foram obrigados a reduzirem em 5,2% as emissões dos gases causadores do efeito estufa entre os anos de 2008 e 2012. Enquanto isso as nações que não fazem parte desse grupo têm a possibilidade de vender créditos de carbono aos signatários que não conseguiram cumprir a meta estipulada pelo projeto.

.

.

……………..Para que isso fosse possível foi criado um instrumento que permite a participação dos países emergentes da criação de programas e projetos que reduzam os impactos ambientais, o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). É ele que faz com que o mundo se mobilize a favor de um futuro mais sustentável.

……………..No caso do Mercado de Créditos de Carbono, apenas os países do Protocolo de Quioto que não atingirem a meta estabelecida podem comprar os commodities que são negociados nos mercados financeiros sejam eles nacionais ou internacionais.

.

.

……………..Isso ajuda a evitar que todo esse CO2 seja despejado na atmosfera e gera renda para alguns países. No Brasil por exemplo, muitas empresas vêem um mercado lucrativo na venda desses créditos pertencem às áreas de papel, celulose, usinas de cana-de-açúcar e madeireiras.

……………..Os valores dos créditos são negociados nos mercados financeiros. Eles podem ser obtidos diretamente nas empresas ou negociados na Bolsa de Valores e cada tonelada de CO2 que a empresa ou país deixa de emitir equivale a um crédito de carbono.

……………..Mas e você, o que achou do resumo??? Comente.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.