Informação

Declaração do Imposto de Renda com Tablets e Smartphone – Informações

Declaração do Imposto de Renda com Tablets e Smartphone – Informações para preencher

como-fazer-declaração-do-imposto-de-renda-em-tablets-e-smartphoneA Receita Federal autorizou o uso do tablet e smartphone na declaração do Imposto de Renda 2014, ano-base 2013. Nem para todos os contribuintes o uso do tablet e smartphone é permitido, ou seja os dispositivos móveis não são para todos os casos de declaração do IR.

Tudo é parecido com declaração do Imposto de Renda feito no computador tradicional, porém, é necessário uma senha e é preciso também salvar a declaração toda vez que sair do programa, porque o salvamento automático não acontece.

Como fazer declaração do Imposto de Renda no tablet ou smatphone passo a passo

 

  1. Baixe o aplicativo, que estará disponível em lojas virtual e não no site da Receita Federal. Para encontrar o app para fazer a declaração do Imposto de Renda no tablet ou smartphone, procure no Google por "Receita Federal" ou "Imposto de Renda".
  2. Siga as instruções do aplicativo passo a passo.
  3. Conclua e envie.

Confira publicação do "Diário Oficial da União" de casos que não é permitido o usod de Tablets e smartphone na declaração do IR

  • Contribuintes de tenham euferido rendimentos tributários recebidos do exterior;
  • Contribuintes de tenham euferido rendimentos tributários com exigibilidade suspensa;
  • Contribuintes de tenham euferido rendimentos tributários sujeitos a ajuste anual cuja soma foi superior a R$ 10 milhões;
  • Contribuintes que tenham registrado em 2013 ganhos de capital na alienação de bens ou direitos;
  • Contribuintes que tiveram ganhos de capital na alienação de bens, direitos e aplicações finaceiras adquiridos em moeda estrangeira no ano passado;
  • Contribuintes que tiveram ganhos de capital na alienação de moeda estrangeira mantida em espécie em 2013;
  • contribuintes com ganhos líquidos em operações de renda variável realizadas em bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas, e fundos de investimento imobiliário;
  • Contribuintes com rendimentos recebidos acumuladamente (RRA);
  • Contribuintes que tiveram rendimentos isentos e não tributáveis com lucro na alienação de bens ou direitos de pequeno valor ou do único imóvel, lucro na venda de imóvel residencial para aquisição de outro imóvel residencial e redução do ganho de capital;
  • Contribuintes que tiveram rendimentos isentos e não tributáveis com parcela isenta correspondente à atividade rural;
  • Contribuintes que tiveram rendimentos isentos e não tributáveis na recuperação de prejuízos em renda variável (bolsa de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhados e fundos de investimento imobiliário);
  • Contribuintes que tiveram rendimentos isentos e não tributáveis cuja soma foi superior a R$ 10 milhões;
  • Contribuintes com rendimentos tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 10 milhões;
  • Contribuintes que tenham se sujeitado ao imposto pago no exterior;
  • Contribuintes que tenham se sujeitado ap preenchimento dos demonstrativos referentes à atividade rural, ao ganho de capital na alienação de bens e direitos, ao ganho de capital em moeda estrangeira ou à renda variável ou das informações relativas a doações efetuadas;
  • Contibuintes que tenham se sujeitado à obrigação de declarar a saída definitiva do país;
  • Contibuintes que tenham se sujeitado a prestar informações relativas a espólio;
  • Contibuintes que pretendam efetuar doações, no próprio exercício de 2014, até a data de vencimento da primeira quota ou da quota única do imposto, aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Nacional, estaduais, Distrital ou municipais diretamente na Declaração de Ajuste Anual;
  • Contribuintes que tenham realizado pagamentos de rendimentos a pessoas jurídicas, quando constituam dedução na declaração, ou a pessoas físicas, quando constituam, ou não, dedução na declração, cuja soma foi superior a R$ 10 milhões, em cada ou no total.

Confira as informações acima e veja se no seu caso poderá fazer sua declaração do Imposto de Renda no tablet ou smartphone.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.