Saúde e Bem Estar

Depressão: Sintomas, Tratamento, Qual Médico procurar e Cura

Depressão – Sintomas, Tratamento

A Depressão é uma das doenças que mais tem diminuido a qualidade de vida e aumentado os anos de vida perdidos ajustados por incapacidade em todo o mundo. Com taxas de incidência cada vez maiores, a Depressão tem ganhado destaque nos meios de comunicação e por isso nós preparamos este post com tudo o que você precisa saber sobre o chamado "Mal do nosso século". 

Sintomas da depressão

Os sintomas mais frequentes em uma pessoa que apresenta Depressão são: 

  • humor deprimido na maioria dos dias, quase todos os dias.
  • diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as atividades.
  • perda ou ganho de peso sem dieta.
  • insônia ou excesso de sono.
  • agitação ou lentidão.
  • culpa excessiva e inexplicada.
  • sentimento de inutilidade e baixa auto estima.
  • pensamentos de morte recorrente, com ou sem ideação suicida.

É importante ter em mente que esses sintomas precisam causar sofrimento ou prejuízo funcional e não podem ser resultado de alguma condição médica ou do uso de alguma substância. Não deve haver também diagnóstico prévio de esquizofrenia e nem episódios de mania ou hipomania, que caracterizam um outro transtorno psiquiátrico.

Qual Médico Procurar?

O médico mais indicado para ajudar pessoas que apresentam algum tipo de transtorno de humor é o psiquiatra. Especialista na área, ele é capaz de diagnosticar a Depressão e oferecer o tratamento adequado para cada tipo de paciente.

Tratamento da depressão

O tratamento da Depressão inclui 3 pilares, sendo eles:

  1. Medicamentos (inibidores da recaptação de serotonina, inibidores da MAO entre outros).
  2. Psicoterapia (terapia comportamental cognitiva, terapia interpessoal entre outras).
  3. Terapia com biológicos (Eletroconvulsoterapia, estimulação cerebral profunda, estimulação magnética transcraniana entre outros).

Existe Cura para a depressão?

Apesar da Depressão ser uma doença que pode se manifestar na forma de um episódio único, não é incomum haver episódios recorrentes e até mesmo manifestações crônicas. Com isso, muitas pessoas procuram saber se existe um jeito de se ver livre dessa doença para sempre. A verdade é que ainda não foi inventado um tratamento que garanta a não recorrência de episódios depressivos. O que se sabe é que, se o paciente responder ao tratamento com remissão completa da doença, a chance de manifestar novamente sintomas depressivos ou a síndrome completa é menor.

Mas e você, o que achou das dicas que nós separamos sobre a Depressão, seus sintomas e tratamento? Elas foram úteis para você? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Assuntos do Artigo:
  • depressão

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.