Dietas e Exercícios Físicos

Dieta Mediterrânea para Emagrecer – Dicas de Cardápio

Dieta Mediterrânea para Emagrecer – Dicas de Cardápio

 

cardápio-para-dieta-mediterrânea-alimentos-recomendados-

Todo começo de ano, novos planos e projetos colocamos na lista de realizações. Emagrecer esta presente na lista quase sempre, mas que dieta escolher, que tipo de regime alimentar fazer.

Bom, regime é uma palavra ultrapassada quando falamos de emagrecer, é  mais democrático falarmos em dieta, e escolher uma com resultado bom para o emagrecimento e a saúde é o ideal.

Uma dieta que é considerada excelente para perder peso e manter a boa saúde é a dieta mediterrânea.

Feita com alimentos frescos e saudáveis e livres de produtos industrializados, a dieta mediterrânea atua no excesso de peso e no bom funcionamento do nosso organismo.

Dieta mediterrânea para emagrecer

Com pouco sal e açúcar, frutas, legumes e hortaliças in natura, mais peixe do que carne vermelha e frango e de preferência grelhados ou assados é feita a dieta. Fritura é palavra proibida na dieta mediterrânea.

Muita verdura em forma de salada, com muita cor, o que significa vários tipos de vitaminas num mesmo prato.

A dieta mediterrânea evita bebidas alcoólicas e recomenda UMA taça de vinho nas refeições, para ajudar no bom funcionamento do coração, já que o vinho tinto tem substâncias benéficas e se tomado com moderação pode ser saudável.

O azeite de oliva deve fazer parte da dieta, o recomendado é duas colheres de sopa ao dia para temperar saladas principalmente.

O tomate, contém licopeno, aliado no combate dos radicais livres e ótimo antioxidante.

 

dieta-mediterrânea-cardápio-correto-

As frutas devem ser consumidas in natura na sobremesa e entre as refeições. Evite sorvetes e doces em geral na sobremesa.

Derivados do leite, como queijo e o iogurte não podem faltar no café da manhã em especial. Prefira os menos gordurosos, como o queijo branco, o leite e o iogurte desnatado.

As castanhas, nozes e amêndoas ou oleoginosas são ricas em nutrientes e promovem a saciedade, uma boa dica para enganar a fome repentina, troque-a por lanches gordurosos, salgadinho ou doces. O recomendado é comer duas castanhas do Pará ao dia.

Troque a farinha branca pela integral, os grãos integrais como lentilha, grão de bico, feijão, ervilha são aliados da dieta, ricos em fibras e proteínas vegetais.

Um prato lindo como o mostrado acima, com um belo filé de peixe, que pode ser o salmão, a sardinha, tilápia ou pescada, acompanhada com folhas verdes tomate, legumes temperadas com azeite pouco sal e limão.

Prefira as folhas verdes escuras, como a rúcula, o brócolis, o agrião, a couve. A alface, repolho, pepino, cenoura, abobrinha e demais legumes não devem faltar também no cardápio da dieta mediterrânea.

Escreva seu comentário sobre a dieta mediterrânea.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.