Saúde e Bem Estar

Distúrbios de Ansiedade: TAG, Transtorno do Pânico, Fobias e TEPT

Distúrbios de Ansiedade

A Ansiedade é uma sensação de resposta natural do organismo à situações de risco iminente que desencadeia liberação de hormônios e neurotransmissores com ações sobre órgãos como o coração, vasos sanguíneos, pulmões entre outros. Trata-se de um mecanismo adaptativo necessário para a sobrevivência, mas que pode apresentar-se de forma exacerbada ou disfuncional em algumas pessoas, gerando o que é conhecido em Psiquiatria como os Distúrbios de Ansiedade.

Além de prejudicar o desempenho em qualquer atividade que esteja sendo realizada, o excesso de ansiedade tem sido associado à uma maior morbidade e mortalidade em portadores de doenças orgânicas, além de reduzir e muito a qualidade de vida de quem sofre deste mal.

principais-distúrbios-de-ansiedade-transtornos

Principais distúrbios de ansiedade

TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada)

Quando há um aumento expressivo e mantido no nível de ansiedade, fazendo com que a pessoa se sinta constantemente preocupada, agitada, tensa e tenha dificuldade para controlar a própria ansiedade, mesmo em situações normais e cotidianas. Alguns dos sintomas mais relatados são: insônia, cansaço, irritabilidade, dificuldade de concentração, dores, cefaleia, tensão muscular, além de reações autonômicas (palpitações, sudorese, palidez). Acomete entre 4-12% da população, sendo mais frequente em mulheres e adultos jovens.

Transtorno do Pânico

É caracterizado pela ocorrência frequente, recorrente e espontânea de crises de pânico. As crises de pânico costumam ter início abrupto, gerando um medo intenso de morrer, enlouquecer ou estar tendo um infarto, além de desencadear resposta fisiológica muito intensa com palpitações, pressão no peito, dispneia, tremores, palidez e sudorese. Cada crise dura em média 40 minutos e com o portador de TP pode desenvolver medo da própria crise, o que complica ainda mais o quadro.

Fobias

 Costumam ter uma causa específica, sendo caracterizadas por um medo acentuado, duradouro e irracional de coisas ou situações específicas. Dentre as causas mais comuns de fobia estão: altura, insetos, falar em público, ambientes fechados, entre outros.

TEPT (Transtorno de Estresse pós-traumático)

 Está associado a um evento traumático de grande impacto, sendo caracterizado pela persistência de sintomas como re-experimentação do evento, esquiva de tudo o que remeta a ele, alteração negativa e mantida do humor e hiperexcitabilidade num período maior do que um mês após o trauma. As causas mais comuns de TEPT são violência sexual, violência urbana e acidentes.

Cada transtorno exige uma atenção específica, com tratamento que vai desde terapia medicamentosa até psicoterapia e mudança de hábitos. Caso tenha se identificado em algum dos diagnósticos descritos, ou conheça alguém que apresente os sintomas citados, procure por um profissional médico habilitado para ajuda-lo e indicar o melhor tratamento.

Mas e você, o que achou das dicas que nós separamos sobre Distúrbios de Ansiedade? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.