Scroll Top

Saúde e Bem Estar

Doença de Parkinson: O que É, Causa, Sintomas e Tratamento

Tudo sobre a Doença de Parkinson, informações como O que É, Causa, Sintomas e Tratamento

mal-parkinson-doencaA Doença de Parkinson ou mal de Parkinson é um distúrbio de movimento que foi descrito pela primeira vez em 1817, pelo médico inglês James Parkinson que a descreveu como Paralisia agitante. Trata-se de um problema primordialmente idiopático, cuja causa é pouco esclarecida, e que tem como fisiopatologia a degeneração de neurônios secretores de dopamina presentes na substância negra, mesencéfalo cerebral. Estudos mais recentes revelaram que além dessas células, podem estar envolvidos também neurônios responsáveis pela secreção de noradrenalina, acetilcolina e serotonina. Há menor inibição dos núcleos da base pela via indireta e também menor excitação pela via direta.

Sintomas da Doença de Parkinson

Embora também acometa indivíduos jovens, o Parkinson é comumente associado a idosos que começam a apresentar sintomas como: 

 Alteração da marcha, problema de equilíbrio, instabilidade postural, redução das expressões faciais e alterações de fala por comprometimento dos músculos da mímica, lentificação de movimentos, hipotonia principalmente em músculos flexores (evidenciada pelo sinal da roda denteada, que consiste na rigidez à movimentação passiva de membros e articulações, alternados com intervalos de liberação rítmicos e descontínua), bradicinesia (lentidão de movimentos), oligocinesia (restrição com redução de movimentos), menor balanço passivo dos membros superiores e, um dos mais característicos, o tremor de repouso.

Tratamento da Doença de Parkinson

O tratamento costuma incluir substâncias capazes de aumentar a concentração de dopamina (dopaminérgicos ou agonistas de dopamina, como a levodopa, e inibidores de MAO-B e COMT) ou reduzir a de acetilcolina no organismo (anticolinérgicos). Vale lembrar que, apesar da Doença de Parkinson ser idiopática, há medicamentos para tratamento de distúrbios psiquiátricos, como neurolépticos, benzamidas e bloqueadores de canais de cálcio,por exemplo, que são capazes de causar sintomas muito semelhantes num fenômeno secundário que recebe o nome de parkinsonismo

Há também algumas alternativas cirúrgica que envolvem desde a destruição de algumas áreas do cérebro (Palidotomia e Talamotomia) até a estimulação de outras áreas (Estimulação Encefálica Profunda ou DBS). Essa última se destaca por ser reversível e bastante ajustável, uma vez que é feita pela instalação de eletrodos no núcleo subtalâmico, em padrões que podem ser mudados ou desligados quando necessário.

É importante ter em mente que tipo de tratamento envolve seus riscos e possíveis efeitos colaterais específicos, sendo essencial uma escolha consciente que conte com aconselhamento de um médico e de outros profissionais conhecedores do tema.

Mas e você, o que achou das informações que nós separamos sobre o mal de Parkinson? Elas te ajudaram a entender um pouco melhores as causas, sintomas e tratamentos dessa doença? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Assuntos do Artigo:
  • doença parkinson sintomas
  • essa doença de parkinson causa nos idoso ?

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Doença de Parkinson: O que É, Causa, Sintomas e Tratamento!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: