Lição de casa

Guia Prático e Descomplicado da Nova Ortografia – Saiba o que Mudou

       Nós separamos algumas das principais dicas práticas para você entender o que mudou e o que continua igual na Nova Ortografia da Língua Portuguesa.

        Mudança no alfabeto: Nosso alfabeto passa de 23 para 26 letras. São acrescentadas 3 letras sendo elas: K, W e Y.

      Extinção do Trema: Não deve mais ser usado o trema (¨), sinal que costumava ser colocado sobre a letra u.

       Extinção do acento nas paroxítonas com ditongo aberto: Não se acentuam mais os ditongos abertos éi e oi nas palavras proparoxítonas.

       Extinção do acento de ditongo decrescente em paroxítonas: Não se acentuam mais as letras i e u quando essas vierem depois de um ditongo decrescente. A regra só serve para palavras proparoxítonas.

       Extinção do acento em palavras terminadas em êem e ôo(s): Não se acentuam mais palavras terminadas em êem e ôo(s).

       Extinção dos acentos diferenciais: Não se usa mais o acento que diferenciava palavras pares. Fogem a regra as palavras: pôde, pôr, têm e vêm.

       Permanência o hífen em palavras compostas que não possuem elemento de ligação: O hífen continua sendo usado em palavras compostas que não apresentam elemento de ligação

Fogem a regra as palavras: girassol, madressilva, mandachuva, pontapé, paraquedas, paraquedista e paraquedismo.

       Permanência do hífen em compostos de palavras iguais ou parecidas: O hífen permanece em palavras iguais ou parecidas que não apresentam lemento de ligação.

       Extinção do hífen em palavras compostas com elemento de ligação: Não usam hífen as palavras compostas que possuem elemento de ligação, mesmo que estes sejam apenas oracionais.

Fogem a regra os compostos água-de-colônia, arco-da-velha, mais-que-perfeito, cor-de-rosa, à-queima-roupa e a deus-dará. 

      10º Permanência do hífen onde emprego de apóstrofo: Usa-se o hífen em compostos onde há o emprego de aposto.

      11º Permanência do hífen em derivados pátrios: Usa-se o hífen nas palavras compostas derivadas de topônimos (nomes próprios de lugares), com ou sem

elementos de ligação.

     12º Permanência do uso do hífen diante de palavras iniciadas com a letra h: Usa-se hífen diante de palavras iniciadas com a letra h.

     13º Permanência do hífen em letras repetidas: Usa-se o hífen quando o prefixo terminar com a mesma letra com que inicia-se a palavra.

 

Casos particulares:

    14º Usa-se o hífen com os prefixos:

 Sub e sob diante de palavra terminada com r:

Circum e pan diante de palavra iniciada por m, n e vogal:

Ex, sem, além, aquém, recém, pós, pré, pró e vice:

Ab, Ob e Ad diante de palavras iniciadas em b, d e r:

            Bom, essas foram as principais mudanças que ocorreram com o Novo Acordo Ortográfico. Bons estudos!

Assuntos do Artigo:
  • hífen descomplicado

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. roberta disse:

    Bom dia,
    existe um erro no documento e na apresentação: todas as proparoxitonas são acentuadas , sem excessão! Onde está escrito proparoxitonas, na realidade sao paroxitonas!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.