Comportamento

Hormônios do Amor – Tudo Sobre Reações do Corpo

Hormônios do Amor – Tudo Sobre Reações do Corpo

hormônios-do-amor-efeitos-físicos-Estudos feitos por cientistas americanos deixaram claro que toda nossa história de amor, paixão, e comportamento quando estamos interessados em alguém tem relação direta com os hormônios do nosso corpo. Os chamados hormônios do amor atuam em cada momento específico do relacionamento amoroso, atuando para que tudo aconteça com mais ou menos intensidade do previsto.

Para cada estágio da conquista, e caso de amor, os hormônios do amor têm seu papel e sem eles, tudo seria diferente, o casamento poderia não ser monogâmico na maioria dos casos e nem ter aquele apego tão necessário para que duas pessoas compartilhem uma vida toda juntas e se querendo bem.

Confira abaixo quais são os hormônios do amor e como trabalham para que a fidelidade e felicidade de um casal permaneça por muito tempo.

Além do caráter, da moral e bons costumes como dizem os antigos, para que uma relação entre homem e mulher aconteça é necessária a intervenção dos hormônios do amor.

Hormônios do amor

Algumas reações físicas garantem a continuidade da espécie humana.

Normalmente, o que não é regra, a primeira fase dos hormônios do amor está ligada ao desejo ou luxúria, que são alimentadas pela testosterona e estrogênio. A testosterona é um hormônio que age nos homens e nas mulheres também e ativa o desejo sexual.

A atração acontece por causa de três enzimas neuro-transmissoras  conhecidas como monoaminas. Estas enzimas são a dopamina que causa euforia; a norepinefrina ou adrenalina que acelera o coração e a serotonina que nos faz “perder a razão”.

Face avermelhada, mãos molhadas de suor, sonhar acordado, coração acelerado são sintomas relacionados a essas três enzimas acima.

O hormônio vasopressina é o que nos faz ter apego por quem amamos, ele vem depois da atração e faz com que vivamos muitos anos juntos, mantendo o laço de um relacionamento. A falta de vasopressina pode separar um casal.

A oxitocina é liberada durante o orgasmo em homens e mulheres e fortalece a união, quanto mais sexo na união, mais forte a ligação entre o casal, afirmam os estudos. Este hormônio em dose elevada faz com que o homem veja sua parceira mais atraente.

Escreva seu comentário.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.