Scroll Top

Meio Ambiente

Maré Vermelha: Fenômeno das Algas, Causas, Consequências e Riscos

Por mais que pareça obra de ficção, o fenômeno da Maré Vermelha existe sim e é mais comum do que se imagina. Ele é fruto do desequilíbrio ecológico que promove a proliferação excessiva de alguns tipos de algas tóxicas que fazem com que a água do mar ganhe uma coloração diferente.

A principal alga causadora do fenômeno é a alga dinoflagelada Gonyaulax catenella. A coloração adquirida pela água nem sempre é avermelhada, ela pode também ter pigmentação marrom e alaranjada, o que torna mais correta a denominação “Floração de Algas Nocivas“.

Dentre os causadores da proliferação excessiva das algas estão:

  • mudança na salinidade;
  • oscilação da temperatura da água;
  • aumento da quantidade de sais minerais;

AFP

Eles podem ser decorrentes do despejo de esgoto na água entre outras coisas que alteram as condições abióticas do ambiente. Com a morte das algas são liberadas substâncias tóxicas que podem levar à morte boa parte da fauna aquática, principalmente os poríferos.

Com o bloqueio gerado pelas algas mortas a passagem de luminosidade fica obstruída e há diminuição do processo de fotossíntese. Isso faz com que os níveis de oxigênio na água caiam e os seres dependentes do O2 sofram sérias consequências. Até mesmo o ser humano pode ser afetado por esse fenômeno com o aparecimento de sintomas como:

  • Problemas respiratórios;
  • Diarréia intensa;
  • Obstrução da circulação sanguínea;

Esses sintomas costumam aparecer após a ingestão de animais marinhos que tenham sido contaminados ou então o contato direto com a água. Mas e você, o que achou do texto? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Assuntos do Artigo:
  • doenças causadas pela mare vermelha

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (1 Votos, Média: 5,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Maré Vermelha: Fenômeno das Algas, Causas, Consequências e Riscos!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: