Scroll Top

Livros e Literatura

Morre Manoel de Barros – Biografia, Obras, Poemas

Morre Manoel de Barros – Biografia, Obras, Poemas

poeta-manoel-de-barros-morre-aos-97-anos-biografia-escritorMorreu hoje dia 13 de novembro de 2014 o poeta cuiabano Manoel de Barros. Nascido em Cuiabá, no dia 19 de dezembro de 1916, Manoel Wenceslau Leite de Barros foi criado na fazenda do pai, em Corumbá, no Pantanal Sul-matogrossense e aprendeu desde criança a ver água, árvores e pássaros, o que o inspirou  na escrita de lindos poemas sobre os movimentos da natureza.

Casado com Stella e pai de Pedro, João e Martha, Manoel de Barros estava debilitado desde que perdeu seus dois filhos, Pedro e João.

Manoel de Barros era advogado, fazendeiro e poeta e estava morando em Campo Grande, vivendo nos últimos anos de sua vida, recluso com a esposa Stella.

O último último poemas de Manoel de Barros foi “A Turma” escrito aos 97 anos.

Confira a famosa poesia de Manoel de Barros lida por Fátima Bernardes no programa Encontros no dia da morte de Manoel de Barros.

A maior riqueza do homem
é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como sou – eu não aceito.

Não agüento ser apenas um sujeito que abre portas,
que puxa válvulas, que olha o relógio,
que compra pão às 6 horas da tarde,
que vai lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.

Perdoai
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem usando borboletas.

Últimos lançamento dos trabalhos de Manoel de Barros:

  • A editora Leya lançou uma caixa com suas poesias completa.
  • No final de outubro, o Selo Alfaguara (Objetiva) contratou as obras de o escritor para serem reeditadas em 2015.

Veja outra linda obra de Manoel de barros

poesia-de-manoel-d-ebarros-sobre-borboletas-

Escreva seu comentário e homenagem a Manoel de Barros.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Morre Manoel de Barros – Biografia, Obras, Poemas!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: