Tudo sobre movimento Uniformemente variado (M.U.V.) – dicas, exemplos e explicações.

movimento uniformemente variado Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.): Explicação, Dicas e Exemplos

O Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.) é aquele em que a velocidade varia de maneira uniforme e a aceleração é constante e diferente de zero.

Temos como exemplo um carro que inicia seu movimento do instante t = 0, quando parte do repouso. Uma hora depois o velocímetro marca 10 Km/h e duas horas depois marca 20 Km/h. Percebe-se que neste caso a velocidade muda, mas uniformemente. Já a aceleração é constante, ou seja, do início até o fim do movimento ela é a mesma (10 Km/h²).

Percebemos que no M.U. a velocidade média é calculada pela fórmula Vm = delta S / delta t. No M.U.V. ela é o resultado da média aritmética entre as velocidades final e inicial. Confira:

velocidade media muv Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.): Explicação, Dicas e Exemplos
 No M.U.V. é possível descobrir a velocidade e, função do tempo através de uma  fórmula  enriquecida com a aceleração que antes era nula. Dessa forma a fórmula fica:
formula vovo arthur Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.): Explicação, Dicas e Exemplos
               V = velocidade final ou atual
               V0 = velocidade inicial
               a = aceleração
               t = tempo

Exemplo:

Um carro de corrida está a 60 Km/h com uma aceleração de 90 Km/h. Qual será sua velocidade após 30 minutos de iniciado o M.U.V?

 Resolvendo:

 V = V0 + a.t >>> V = 60 + 90.1/2 >>> V = 60 + 45 >>> V = 105 Km/h.

A fórmula da função horária do M.U.V. é uma versão mais “encorpada” da fórmula do sorvete (S = S0 + V.t), confira:

formula funcao horaria muv Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.): Explicação, Dicas e Exemplos
               S = posição final ou atual
               S0 = posição inicial
               V = velocidade
                t = tempo
                a = aceleração

  Exemplo:

Uma moto parte do repouso quando t = 0. Sabendo que ele tem como posição inicial 5 m e aceleração de 15 m/s², onde a moto estará após 10 segundos de iniciado o M.U.V.

 Resolvendo:

               S = S0 + V0.t + a.t²/2 >>> S = 5 + 0.10 + 15.(10)²/2 >>> S = 5 + 0 + 15.100/2 >>> S = 5 + 1500/2 >>> S = 5 + 750 >>> S = 755 m

Por fim temos a famosa equação de Torricelli, usada quando se tem informações como a variação e espaço e a velocidade. Confira a fórmula:

51 Movimento Uniformemente Variado (M.U.V.): Explicação, Dicas e Exemplos
               V = velocidade atual
               V0 = velocidade inicial
               a = aceleração
               deltaS = variação de espaço

 Exemplo:

 Um carro de corrida está em repouso e sujeito à aceleração de 5 m/s². Determine a distância percorrida pelo carro até atingir a velocidade de 10 m/s.

Resolvendo:

V² = V0² + 2.a.deltaS >>> 10² = 0² + 2.5.deltaS >>> 100 = 0 + 10.deltaS >>> 100 = 10.deltaS >>> deltaS = 100/10 >>> deltaS = 10 m.  

E então, o que você achou deste post??? Tirou suas dúvidas??? Comente.

Etiquetas

  • movimento uniformemente variado exemplos
  • movimento uniforme variado exemplos
  • exemplos de movimento uniformemente variado
  • exemplo de movimento uniformemente variado
  • exemplos de movimento uniforme variado
  • exemplo de movimento uniforme variado
  • muv formulas
  • exemplos de muv