Livros e Literatura

O Cavaleiro Inexistente: Análise das Personagens, Livro, Ítalo Calvino

O Cavaleiro Inexistente: Análise das Personagens, Livro, Ítalo Calvino

.

Análise das personagens do livro “O Cavaleiro Inexistente”

 .Agilulfo: Agilulfo é a personagem principal do livro. Um cavaleiro de armadura branca que logo no primeiro capítulo revela-se fisicamente inexistente. Por dentro de sua couraça há um grande vazio e ainda assim Agilulfo pode ser considerado o mais completo e dedicado paladino da França, dada a sua determinação e força de vontade.

Sua aparência, quando dotado da roupa de ferro da qual nunca se separa, é impecável. Sua armadura está sempre em perfeito estado e sua postura é a mais honrada e elegante possível.

.O cavaleiro inexistente é também um exímio soldado tanto na arte da luta quanto no cumprimento de seus deveres. A razão é talvez a sua maior aliada e faz com que ele execute todas as tarefas com muita destreza e viva em busca da perfeição, sempre censurando e corrigindo os erros alheios e não se permitindo cometê-los.

No decorrer do livro podemos perceber que além de aliada a razão é também o que evita que Agilulfo se perca no vazio das coisas inexistentes. Atividades manuais e exercícios de precisão permitem que o cavaleiro mantenha a consciência e não se desligue do mundo que o cerca.

Embora esteja em posse de sua razão e de sua consciência Agilulfo tem dificuldade em demonstrar afetividade e se entregar a relacionamentos amorosos. Essa afirmação fica bem clara quando o cavaleiro inexistente se encontra no castelo da insaciável Viúva Priscila. Mesmo considerando a castelã uma bela mulher, Agilulfo não consegue ou não quer se desligar da razão que o acompanha para dar lugar a emoção de uma paixão.

A inexistência física também impossibilita qualquer relação íntima, já que na ausência de um corpo pulsante Agilulfo não desfruta de sentimentos como o desejo ou a atração.

Talvez pela ausência de interesses amorosos, Agilulfo se dedica integralmente a sua condição de cavaleiro honrado e digno de seu posto, algo que fica bem claro no instante em que a veracidade do feito que lhe deu a posição no exército é posta em questão. O destemido oficial sai em busca da verdade para recuperar o seu prestígio provando a grandiosidade de seu feito.

A intensidade de sua obstinação fica clara quando Agilulfo não suporta descobrir que falhou e se esconde de todos. A sua vergonha é tão grande que ele resolve dar um fim a própria existência desaparecendo para sempre.

Bradamante: Bradamante é a principal personagem feminina do livro e o grande amor de Rambaldo. Uma guerreira com 'olhos de esmeralda' e longos cabelos, muito hábil, orgulhosa e apaixonada por tudo o que é severo e rigoroso.

Por ser uma jovem muito bela e também a única mulher querreira do exército de Carlos Magno Bradamante é muito cobiçada pelos paladinos e escolhe muito bem os seus parceiros, que não são poucos.

Após se satisfazer de homens existentes e conhecer todas as suas fraquezas, um grande sentimento de insatisfação toma conta da amazona e tudo o que lhe resta é desejar alguém que não existe. Um cavaleiro perfeito, livre dos medos e das inseguranças dos homens comuns. É exatamente isso o que acontece e Bradamante acaba se apaixonando perdidamente por

Agilulfo, que não a corresponde.

.Bradamante se mostra também muito corajosa e persistente, uma mulher que luta pela sua felicidade e que por merecimento, a encontra onde menos espera.

.De personalidade forte a fogosa guerreira nos surpreende ao revelar no fim do livro ser ela a Irmã Teodora, freira que narra a história.

.Gurdulu: Gurdulu é um personagem bastante curioso e ao mesmo tempo muito engraçado. Um homem maltrapilho, de cabelos crespos, com olhos azuis, rosto salpicado de sardas e boca proeminente que possui um nome em cada aldeia por onde passa.

.O que mais chama a atenção em Gurdulu não é a aparência física e sim o comportamento. Embora possua um corpo como qualquer outro homem ele não tem consciência de que realmente existe, ao contrário de Agilulfo que tem consciência de existir embora não exista de fato.

Suas atitudes são todas dignas de estranheza. Gurdulu imita animais, plantas, conversa com o próprio pé e espera resposta de um morto, deixando bem clara a inquietude e a ambiguidade que Agilulfo tanto teme.

Mesmo com o estranho comportamento, em determinados momentos Gurdulu se mostra muito semelhante aos outros homens. Ao ser levado ao castelo da Viúva Priscila, por exemplo, se entrega a luxúria deixando bem explícito o que a existência física lhe permite.

 Irmã Teodora ou Freira: A Irmã Teodora é a narradora do livro. Ela vive enclausurada em um convento da ordem de São Columbano, onde tem que escrever esta história como penitência por seus erros passados.

A freira se descreve como uma moça do interior que sempre viveu em retiro e por conta disso pouco conhece de amores e batalhas.

Embora demonstre certa dificuldade no cumprimento da tarefa, especialmente quando lhe foge a inspiração, a freira acaba se revelando uma grande narradora. Criativa e detalhista, confessa que não é apaixonada pelo ofício das letras, mais ainda assim se dedica a sua missão e não há como dizer que não alcance êxito.

Em alguns momentos podemos observar o desejo que a toma de sair e provar dos prazeres terrenos, o que nos dá a dimensão da natureza dos pecados que lhe renderam esta punição. Dimensão esta que se confirma ao descobrirmos que a Irmã Teodora é na verdade Bradamante, a fogosa amazona que após duelos e paixões sempre volta ao convento e lá reencontra a paz que perde nas batalhas e nos relacionamentos.

Imperador Carlos Magno: O rei Carlos Magno é o grande líder dos paladinos da França. Um imperador que guerreia com seu exército e após anos de batalhas já começa a sentir o peso da idade.

Com sua longa barba, Magno vive montado em seu cavalo e mesmo sendo um soberano, contraria todas as regras de etiqueta e formalidade. Na hora das refeições, por exemplo, chega adiantado e belisca de tudo o que tem na mesa sem a menor cerimônia.

Carlos Magno é um homem despreocupado e que aparenta bastante cansaço. Seu comportamento diante dos soldados, sem querer se envolver nos conflitos internos, chega a beirar o desleixo.

.É como se depois de tantos anos a frente dos paladinos, nada mais surpreendesse o imperador. Essa é a explicação para a reação que tem ao descobrir que a armadura de Agilulfo estava vazia, logo no primeiro capítulo do livro. Ele não se incomoda com a ideia de um cavaleiro que não existe, antes julga merecedora a sua força de vontade e sem demora o aprova.

De certa forma ele demonstra a amargura de quem já não tem grandes expectativas.

Ainda assim Carlos Magno pode ser considerado um bom imperador, que trata bem o seu povo e procura guiar os paladinos da melhor maneira possível. Compreende também os mais jovens apesar de não compartilhar do fulgor que só a juventude física e mental traz.

.E então, o que você achou da análise das personagens do livro O Cavaleior inexistente??? Comente.

Assuntos do Artigo:
  • resumo do livro o cavaleiro inexistente
  • o cavaleiro inexistente resumo
  • resumo do livro cavaleiro inexistente
  • o cavaleiro inexistente
  • cavaleiro inexistente resumo
  • resumo cavaleiro inexistente
  • resumo do cavaleiro inexistente

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

7 Comentários

  1. Victor disse:

    achei muito bom, me ajudou muito, obrigado.

  2. Djavan disse:

    Muito bom gostei muito

  3. luana disse:

    Obrigada 😀 foi muito útil

  4. Que te deixa o OCO disse:

    Bem loko, varias vacas grandes que bebem suco de laranja

  5. Vivi Pereira disse:

    Bem, gostaria que ressaltasse a genialidade do escritor, a sutileza dele em criar esses personagens, o refinamento de passar sua experiência de mundo através desse texto fantástico em todos os sentidos. Gostaria que houvesse um estímulo a ler o Italo Calvino, que houvesse mais divulgação da sua obra.  Portanto, se os comentários remeterem a uma procura maior dos seus livros, isso sim, seriam um bem enorme.

  6. Bianca disse:

    Oi! 

    Gostei muito do artigo, mas POR FAVOR ME AJUDE!

    Quem é Lambaldo (personagem)?

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.