Educação

O que É Internato? Como Funciona o Estágio em Medicina, Tudo sobre o Curso da USP

O que É Internato? Como Funciona o Estágio em Medicina, Tudo sobre o Curso da USP

O curso de Medicina está entre os mais concorridos do vestibular, especialmente nas universidades públicas. Ainda assim, poucas pessoas sabem realmente como funciona um curso de Medicina ou o que vai enfrentar caso seja aprovado ou aprovada no vestibular. Pensando nisso nós resolvemos montar este post com algumas informações sobre o Internato, período comum no curso de Medicina, mas que pouca gente sabe o que é?

Quando é o Internato?

No Brasil, o internato é o período que compreende os dois últimos anos do curso de Medicina. ou seja, o 5° e o 6° ano. Existem pequenas variações entre as universidades, mas de modo geral ele ocorre nos dois últimos anos da faculdade de Medicina. Nos Estados Unidos os internos já têm a oportunidade de escolher uma especialidade médica, o que não acontece aqui no Brasil.

O que é Internato?

O internato é uma espécie de estágio, um período no qual os estudantes de Medicina aplicam os conhecimentos que adiquiriram ao longo dos 4 anos anteriores, de forma mais prática. Eles continuam tendo aulas e provas, mas a maior parte da carga horária é preenchida por atendimentos, procedimentos cirúrgicos, evoluções, visitas a enfermarias, entre outras atividades práticas médicas. Tudo é feito sob supervisão e orientação de médicos formados, que devem ensinar os procedimentos e corrigir a sua execução sempre que necessário. 

O que um Interno pode fazer?

De forma geral, os internos podem atender pacientes, tirar história, fazer exame físico e realizar procedimentos simples e complexos, desde que sob orientação de médicos formados e especialistas.

Interno Ganha Salário?

Não. O internato é um período de estágio não remunerado, uma etapa obrigatória da formação médica na qual é preciso se dedicar integralmente ao aprendizado, sem que seja considerada como atividade profissional.

Qual a diferença entre Interno e Residente?

Aqui no Brasil, o internato é um período da formação do médico generalista, inserida nos 6 anos de graduação. Já a residência ocorre após esses 6 anos, no momento em que o médico recém-formado decide qual especialidade quer seguir e passa aprender como exercê-la. Os residentes recebem salário e, embora tenha uma rotina um pouco parecida com a dos internos, já possuem CRM, sendo médicos por formação.

Em outros países é possível escolher a especialidade que deseja seguir logo no internato (vide Grey's Anatomy), mas isso não acontece aqui no Brasil.

Mas e você, o que achou das informações do nosso post? Elas foram úteis para você? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.