Culinária

Ponte Flutuante na Guitarra: Vale ou Não a Pena? – Dicas de Uso

Ponte flutuante na guitarra

De olho naquela Guitarra com uma Floyd Rose para descer a alavancada, soltar sons explosivos e agudos? Vá com calma, pois apesar da dinamicidade oferecida, possui suas limitações e requer muitos (MUITOS MESMO) cuidados para que sempre funcione de acordo.

Para começar jamais compre uma guitarra meia boca só porque ela está equipada com uma Floydizinha qualquer, pois afirmo com toda a certeza que daí em diante só surgirá gastos e dor de cabeça, já que ambos; a ponte e a guitarra, não irão aguentar quase nenhuma brincadeira, fazendo parecer que é apenas enfeite para o seu cômodo.

ponte-flutuante-na-guitarra

Ponte flutuante na guitarra – sim ou não

Os problemas mais óbvios são o desafinamento instantâneo e a perda de regulagem, tanto para cima quanto para baixo, já que a ponte não estabelece firmemente o ponto de origem por sua qualidade e também pela qualidade da guitarra, como por exemplo, a falta de firmeza do braço que não aguenta as oscilações de tensão das cordas.

Para por na sua balança e ponderar entre a incerteza de comprá-la ou não, surge o quesito da manutenção que além de complicada e trabalhosa, muitas vezes requer um bom Luthier, que por sua vez, só o seu serviço custa cerca de 40% do preço da guitarra meia boca. Portanto se você não for um guitarrista muito paciente e que não gosta de fazer a manutenção básica (mesmo assim trabalhosa) como a troca de cordas, por exemplo, vale mais a pena a ponte fixa mesmo, pois a manutenção é um pouco mais simples e você ainda pode locomover um pouco a afinação do instrumento.

Não menos importante vale mencionar que se for comprar uma guitarra com ponte flutuante compre uma guitarra de boa qualidade, de preferência as linhas tops de cada marca. Ibanez? Só se forem as japonesas. É óbvio que com a ponte elas são a mesma coisa, uma G-gotoh japonesa aguenta trancos mais pesados.

Gostou das dicas sobre ponte flutuante na guitarra? Comente aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.