Saúde e Bem Estar

Primeiro Caso de Ebola no Brasil? – Notícias

Primeiro Caso de Ebola no Brasil? – Notícias

primeiro-caso-de-ebola-no-brasil-notícias-informações-

Um homem de 47 anos, vindo de Guiné, país africano é suspeito de estar com ebola. Doença altamente contagiosa que temse proliferado na África e espalhado a doença em vários países da Europa, chegando também nos Estados Unidos.

O foco maior da doença está na África, país de onde o africano Souleymane Bah veio.

Como refugiado, o africano chegou ao Brasil dia 19 de setembro, vindo de Guiné com escala em Marrocos.

Atendido na UPA no Paraná, Souleymane Bah, sentiu febre desde o dia 08 de outubro de 2014, que manteve-se até pelo menos na quinta-feira, dia 09/10/2014. Apesar do africano não apresentar os demais sintomas da Ebola, os médicos que o atenderam, estão mantedo –o em isolamento até que se confirme ou não a doença.

A Ebola é uma doença que pode ser confundida com uma gripe ou outra doença comum, sendo de diagnóstico difícil a primeira vista.

Um exame de sangue do homem com suspeita de Ebola será analisado Segundo o infectologista que está cuidando do caso, foi dito que ”Como é uma doença que tem uma letalidade de 50%, são necessários precauções especiais. A ambulância está, digamos assim, envelopada. É uma ambulância que está designada pela secretaria da saúde para isso há algum tempo. A equipe está sendo treinada diariamente e está com equipamento de proteção individual”.

O atendimento básico ao paciente está sendo feito atendido na Fiocruz, Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas no Rio de Janeiro e chegou do Paraná em avião da FAB.

O primeiro atendimento ou pronto socorro ao homem suspeito de Ebola foi feito na UPA II no bairro de Brasília, em Cascavel, oeste do Paraná.

O Brasil está preparado para cuidar deste caso. A doença é transmitida através do sangue e fluidos corporais do infectado.

O africano passou pela Argentina, fez escala no aeroporto de  Guarulhos, passou por Santa Catarina e chegou no Paraná.

Veja mais informações EM NOSSA MATÉRIA sobre a Ebola CLICANDO AQUI.

Escreva seu comentário sobre o caso.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.