Saúde e Bem Estar

Principais Causas da Queda de Cabelo – Cuidados e Dicas de Tratamentos

Principais Causas da Queda de Cabelo

Nada mais desanimador do que ver os fios de cabelos cairem um a um, o cabelo forte e arrumado dá segurança, bem estar e manter os fios de cabelos na cabeça é muito importante para a beleza feminina ou masculina. Quais são as principais causas da queda de cabelo, porque perdemos mais fios do que o normal comprometendo a vasta cabeleira.

São muitas as causas da queda de cabelo, entender qual é o problema que atinge nossos fios e tentar resolver da melhor maneira possível é o caminho para desacelerar a queda dos fios e manter a beleza e o volume dos cabelos. Cair de tempos em tempos uma parte dos cabelos faz parte da renovação dos fios, é natural. A cada mês o fio de cabelo cresce em média 2 cm e ele tem fases de crescimento, estabilidade e de queda ou renovação, veja abaixo cada uma delas e o tempo médio de duração.

Fases do cabelo

A primeira fase do cabelo é a do crescimento contínuo (Anágena) pode durar de três a cinco anos em uma pessoa saudável.

Por um período de tempo, que pode levar em média 1 mês, os fios param de crescer (Catágena) e segunda fase.

É na terceira fase que eles caem (Telógena), que é a renovação dos fios de cabelos velhos e quebradiços que caem dando lugar para um fio de cabelo novo, fase que dura em média 90 dias.

causas-da-queda-de-cabelo-e-tratamento-cuidados-

O que é a ponta branca dos cabelos

Ao notar que os fios de cabelos caíram, observe se eles tem uma ponta branca, que ao contrário do que parece, não é a raiz do cabelo e sim a mucina, parte que prende o cabelo no folículo, e se o ciclo normal do cabelo não foi completado como devia,  a ponta branca sai junto com o fio, sinal de alerta.

Principais causas da queda de cabelo

É normal cair por dia em média 100 fios de cabelos, mas fique atento, se ver vários fios de cabelos no travesseiro, no chão da casa, no ralo do chuveiro é sinal de que a queda esta mais intensa e precisa ser investigada e tratada.

Problemas de saúde como disfunções hormonais, hipotireoidismo, estresse, anemia ou falta de ferro,  vitamina A, do complexo B e C, dieta com restrições de nutrientes,  podem causar queda excessiva de cabelos. A dica é procurar um médico dermatologista, analisar a causa da queda dos fios e tratar.

Pessoas que fazem cirurgia do estômago, pessoas que fazem dieta com restrições de nutrientes podem ficar com deficiência de vitaminas, minerais e proteínas, substâncias importantes para a saúde dos cabelos.

Uso contínuo de produtos químicos nos cabelos, como tintura, alisamentos podem causar a queda de cabelos em excesso. A dica é fazer um tratamento 1 semana antes de usar química nos cabelos para evitar a agressão e queda.

Controle o uso da chapinha e do secador, secar o cabelo com ar quente faz com que aconteça a formação de bolhas de ar no fio com partículas de água, causando a queda. A dica é usar chapinha e secador menos vezes e secar os cabelos com ar morno numa distância de 30 cm entre o fio e o secador.

Evitar banhos de água muito quente, que resseca os fios de cabelos, tira a proteção natural dos fios e ainda pode causar caspas e seborreia. A temperatura ideal da água é de 20°C.

Manter-se saudável com alimentação equilibrada e boa imunidade ajuda evitar doenças corriqueiras como infecção de garganta, gripes e resfriados, sinusite ou outro vírus qualquer que para defender o corpo enfraquece os cabelos.

Prender demais os cabelos, principalmente molhados, causa queda de cabelo. Elásticos apertados no alto da cabeça num rabo de cavalo, puxar demais os fios da frente da cabeça podem causar a inflamação dos folículos capilar e queda dos fios, conhecida como alopecia por tração.

O estresse excessivo causa deficiência de nutrientes pelo gasto extra de energia, além de aumentar o cortisol, hormônio que diminui o processo de crescimento e divisão celular causando queda acentuada dos fios.

O fator genético, a hereditariedade fala muito alto quando estamos falando de calvície ou alopecia androgenética. Os homens sofrem mais da calvície e em alguns casos começam dar sinal por volta dos 18 anos de idade.

Medicamentos como antibióticos, remédios para pressão alta enfraquecem o cabelo, já os remédios antidepressivos interferem no ciclo de vida do cabelo levando à queda.

Durante a gravidez os efeitos hormonais fortelecem os cabelos, que ficam brilhosos e com mais volume, mas após o parto, normalmente durante a amamentação, os cabelos ficam frágeis e caem, o que volta ao normal após um tempo.

Alopecia areata é uma doença autoimune que faz com que os cabelos de uma região da cabeça caiam todos, ficando uma falha no local.

Com o passar dos anos, após os cinquenta anos, homens e mulheres ficam com os cabelos mais fracos, o afinamentos do couro cabeludo  e a baixa circulação no local dificulta a chegada dos nutrientes enfraquecendo os fios.

Cuidados para evitar queda de cabelo

Para quem faz uso de química, a dica é uma semana antes da aplicação da química, fazer um tratamento  com shampoo e condicionador selante  com queratina, ceramidas, spirula e aminoácidos.

Lavar os cabelos com regularidade evita a oleosidade, a descamação do couro cabeludo, o ataque de fungos que levam a queda de cabelo.

Tratamentos para queda de cabelo

No caso da calvície ou alopecia androgenética, a solução é o transpante capilar.

O Minoxidil é um medicamento tópico que melhora a vascularização no couro cabeludo e o uso contínuo faz crescer cabelo.

Uma loção a base de latanoprosta (usada no colírio para tratamento de glaucoma), faz crescer cabelo, fazendo que o ciclo capilar seja completo.

Escreva sua dúvida ou comentário aqui on blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.