Tecnologia

Produção do Vidro: Processo Químico Industrial

Produção do Vidro: Processo Químico Industrial

como-é-feito-vidro-matéria-primaProdução do vidro – Assim que as matérias primas chegam à fábrica elas são armazenadas em silos (compartimento destinado ao armazenamento de produtos, geralmente depositados no seu interior sem estarem ensacados), depois pesadas na proporção adequada.

Então estas são conduzidas ao um misturador formando uma mistura homogênea chamada de composição vitrificável. Após isso, é acrescentado a essa mistura uma quantidade pré-estabelecida de cacos de vidro reciclados, compondo cerca de 50% da mistura. Todo esse material vai para o forno de fusão, onde se encontra o vidro fundido (vidro liquido), que está na temperatura de aproximadamente 1.530 ºc. A mistura vitrificável entre por um lado do forno e vai se fundindo aos poucos conforme ação do calor. Nesse processo há a liberação de gás carbônico que precisa ser eliminado para não formar bolhas de ar no produto final.

Quando chega à extremidade oposta do forno de fusão, o vidro fundido possuiu uma viscosidade próxima a do mel, o qual está pronto para ser conduzido às maquinas de conformação onde será moldado. Neste processo o resfriamento deve ser gradual, não muito rápido nem muito lento, e após a formação do produto rígido, já acabado, ele ainda necessita de um tratamento térmico que é chamado de tempera, onde em fornos elétricos ou a gás, o produto em vidro é reaquecido em uma temperatura mínima de recozimento, e depois passa por um resfriamento gradativo, ao fim desta etapa, o produto é considerado acabado.

Dependendo do produto que será fabricado com o vidro, depois de passar pelo forno de fusão a massa é derramada em uma piscina de estanho líquido, em um processo contínuo chamado Banho Float. Devido as diferenças de densidade entre os materiais, o vidro flutua sobre o estanho, ocorrendo um paralelismo entre as duas superfícies. Essa é a condição para que a qualidade óptica superior do vidro seja atingida. A partir desse ponto é determinada a espessura do vidro, através da ação do top roller e da velocidade da linha. Quanto maior a velocidade da linha, menor a espessura resultante.

Quando são feitas placas de vidro após o processo de recozimento, a folha do produto antes de ser recortada, é inspecionada por um equipamento chamado "scanner", que utiliza um feixe de raio laser para identificar eventuais falhas no produto. Caso haja algum defeito decorrente da produção do vidro, ele será automaticamente refugado e posteriormente reciclado. Após esta etapa o recorte é realizado em processo automático e em dimensões pré-programadas. As chapas de vidro são empilhadas automaticamente em pacotes prontos para serem expedidos e armazenados.

Todo o processo da produção do vidro pode ser melhor observado na FIGURA ABAIXO com os Processos químicos industriais da produção do vidro.

produção-do-vidro-processo-quimicoVeja também Como é Feito Vidro: Matéria Prima, Funções, Colorantes, História

Escreva um comentário sobre a produção do vidro.

Assuntos do Artigo:
  • processo quimico na fabricaçao do vidro

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.