Meio Ambiente

Reaproveitar Árvores que Caem Fazendo Móveis – São Paulo

Reaproveitar Árvores que Caem Fazendo Móveis

Reaproveitar é palavra de ordem, quase tudo que é descartado pode ser reaproveitado. Recentemente muitas árvores grandes e antigas caíram no estado de São Paulo com os temporais, mais de 1.700 árvores caíram em apenas três meses. Algumas destas árvores estão sendo reaproveitadas para fazer bancos e peças lúdicas para decorar jardins, praças e parques paulistas.

Estes móveis feitos com a madeira bruta das árvores que caíram são ideias de artistas e empresas de SP que apresentam projetos para reaproveitar a madeiras destas árvores.  Com o número grande de árvores que caíram devido chuvas fortes e com vento de até 90 km/h, está sendo difícil arrumar espaço para armazenar tanta madeira.

Lugar que antes era espaço de zona azul para estacionar carros se transformou em parklets, espaço de convívio que receberá móveis feitos com essas árvores, que tiveram seu ciclo natural de vida e depois de mortas, podem ser muito útil ainda.

Como as árvores viram móveis

Primeiro os artistas e empresas apresentam seus projetos de reaproveitamento e então elas são liberadas. Chegando ao galpão ou espaço disponível, onde são limpas e cortadas e a partir daí são feito os móveis. A madeira fica rústica e natural, muitas escorrem a seiva por um bom tempo e ficam sem acabamento para selar e num período de três anos ela não estraga.

Você pode encontrar os móveis feitos de árvores reaproveitadas em vários locais de São Paulo, como no Parque Ibirapuera onde tem 16 obras feitas em 2010 por Hugo França. Na Rua Padre João Manuel, próximo a Avenida Paulista, tem bancos e paisagismo. Confira abaixo algumas obras de arte feitas com árvores reaproveitadas.

Esculturas feitas com árvores que caíram em SP

Banco feito de um eucalipto de 35 metros de altura e de 30 toneladas, de em média 50 anos, que caiu após um raio, a obra é do artista Hugo França. A obra foi esculpido com uma motosserra e recebeu um acabamento com lixa e verniz para conservar a obra por mais tempo. A escultura foi doada ao um parque no Largo da Batata em Pinheiros, SP.

hugo-franco-sua-arte-em-madeira-de-árvore-caída

(Foto – Márcio Pinho/G1)

arvore-que caiu-no parque-ibirapuera-

 

escultura-feita-com-árvore-morta

 

reaproveitar-árvores-que-caem-fazendo-móveis-

Os móveis prontos são destinados para a diversão e decoração de praças e parques, são brinquedos infantis, totens, playground, viveiros e muitas outras peças decorativas que são reaproveitadas de uma madeira que poderia ir para o aterro, o que não é correto.

Uma iniciativa muito importante e consciente que deve inspirar muitas outras pessoas em cidades diferentes. Escreva seu comentário.

Assuntos do Artigo:
  • Vasós feitos de pneus para planta frutíferas

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Hugo França pra mim é uma inspiração e se um dia tivesse uma oportunidade queria fazer um estágio no ateliê desse grande artista. Eu também faço uns trabalhinhos em madeira.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.