Beleza

Remédios Caseiros contra Piolhos – Dicas de Cuidados

Nos dias mais frios é quando ouvimos falar mais em piolhos. Pequenos bichinhos que podem povoar a cabeça de qualquer pessoa, até as mais limpinhas se entrar em contato com alguém que tenham muitos deles nos cabelos. Ele é difícil de ser exterminado e pode passar de uma pessoa para outra com muita facilidade, basta uma troca de pente ou outro objeto pessoal que tenha o bichinho, um abraço ou contato mais próximo.

As crianças são as que mais sofrem com a praga por frequentarem escolas e parques e ficarem muito próximo uma das outras e após contraírem os bichinhos, acontece o contágio para os demais familiares.  Professoras, pessoas que ficam próximos a crianças com piolho ou outras crianças que vivem em sociedade devem ficar atentas com relação a eles e tomar alguns cuidados especiais para evitar a infestação. Quem já não recebeu um comunicado como este abaixo?

remédios-caseiros-contra-piolhos-

Como acontece o contágio dos piolhos

O contágio do piolho se dá pela proximidade, eles não voam. Primeiro vem uma fêmea cheia de ovinhos, saindo de uma pessoa contaminada chegando até os cabelos de outra, em seguida ela ou elas vão depositar nos fios as lêndeas, que são seus ovos, que após alguns dias nascem mais piolhos.

Ciclo de vida e procriação do piolho

Um piolho vive em média 30 dias. Leva de 7 a 10 dias para chegar à vida adulta, acasalar e colocar seus ovos que de 8 a 10 dias saem novos piolhinhos.

Os ovos do piolho são chamados de lêndeas, que ficam próximas ao couro cabeludo antes de eclodir, têm cor acinzentada e gelatinosa. Após eclodirem se tornam brancas e permanecem nos fios de cabelos, devendo ser retiradas uma a uma.

Os piolhos ficam no couro cabeludo e se alimentam a cada quatro horas do sangue humano.

Remédios caseiros contra piolhos

A água morna com vinagre ajuda combater as lêndeas e o piolho. A dica é misturar partes iguais de água morna e vinagre, passar a solução no cabelo e deixar agir por meia hora com a cabeça coberta com uma touca. Em seguida lave os cabelos normalmente.

Passar azeite de oliva nos cabelos e couro cabeludo sufoca os piolhos, a dica é passar à noite para agir por mais tempo e ser eficiente e lavar os cabelos pela manhã. O azeite de oliva ajuda retirar as lêndeas.

Uma infusão de arruda, feita com 10 gr da erva e 1/2 litro de água fervente, deixe tampado  por 10 minutos. Passe no cabelo, coloque uma touca e deixe agir por 30 minutos. Em seguida passe pente fino e retire as lêndeas uma a uma.

Você encontra remédios naturais como o óleo de tea tree ou malaleuca, que é colocado no xampu de uso diário, prevenindo o contágio.

Passe um pente fino no cabelo molhado para retirar os piolhos e as lêndeas deve ser retiradas uma a uma sobre um lençol branco. Não esmague os piolhos, para não pegar suas bactérias.

Lave diariamente os cabelos e seque-os bem com secador. Os piolhos gostam de lugar úmido além do que o calor do secador vai secar as lêndeas.

Troque fronha e lençol de cama diariamente, lave-os com água quente, coloque na secadora ou passe antes de usar.

Na farmácia você vai encontrar vários produtos contra piolhos, um deles é o Kewell, que tem ação contra os piolhos e as lêndeas.

Para evitar o contágio, a dica é manter o cabelo preso quando estiver em contato com crianças com o parasita, além dos cuidados pessoais diários.

Mesmo quando sentir que parou a coceira e está livre dos bichichos, passe ainda por um tempo pente fino e mantenha a higiene diária e os cuidados, verificando a cabeça das crianças.

Não dê trégua para esta praga que além de incomodar é desagradável e apesar da contaminação não significar má higiene, deixa um desapontamento em que contrai o parasita.

Escreva seu comentário e dicas de como esterminar esta praguinha aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.