obesidade Saiba Porque a Obesidade Prejudica o Coração e Previna se do Mal

                                                A obesidade prejudica o coração. Saiba porque.

               O termo obesidade refere-se ao excesso de gordura corporal que geralmente decorre da ingestão maior de calorias que seria necessária para o metabolismo durante um período de tempo prolongado.

               A obesidade atualmente é considerada um problema de saúde pública no mundo inteiro e é fator responsável por muitas complicações relacionadas à saúde; portanto, são necessárias medidas informativas para toda a população a fim de diminuir esta tendência.

               IMC – Índice de Massa Corporal

               O índice de massa corporal (IMC) é um método que permite medir a composição corporal e determinar se o peso é adequado em relação à estatura. É uma ferramenta acessível, que denota se uma pessoa apresenta baixo peso, peso normal, sobrepeso ou obesidade.

               A fórmula para obter o IMC é muito simples e se obtém dividindo o peso em quilogramas pelo quadrado da altura em metros.

               Exemplo: IMC=KG/M2  –  67kg/1.70m2=67/2,89=23

               Tem-se a seguinte classificação, de acordo com os consensos internacionais:

               IMC menor que 18,5: peso inferior ao normal.

               IMC entre 18,5 – 24,9: normal.

               IMC entre 25,o – 29,9: sobrepeso.

               IMC maior que 30,0: obesidade.

coracao Saiba Porque a Obesidade Prejudica o Coração e Previna se do Mal

                                                 Complicações

               Saiba porque a obesidade prejudica o coração?

               A obesidade prejudica o coração porque, à medida que há maior sobrepeso, o coração faz maior esforço; sendo assim quanto maior esforço (trabalho) realizado pelo coração,mais doenças cardiovasculares podem ocorrer.

               O excesso de gordura favorece a alteração dos processos metabólicos e funcionais, já que o acúmulo de células gordurosas (adipócitos) não ocorre somente na barriga, mas também nos vasos sanguíneos (artérias e veias). Esse acúmulo de gordura altera o funcionamento adequado do coração e o obriga a trabalhar em excesso, sofrendo, dessa forma, prejuíso de sua função.

               Confira as doenças mais comuns relacionadas à obesidade e que afetam o coração, estão as seguintes:

  • Doenças isquêmicas do coração (angina, infarto)
  • Hipertensão arterial (pressão alta)
  • Dislipidemias (colesterol, triglicérides elevados).

              Foi comprovado que a hipertensão arterial é 3-5 vezes mais frequente nos obesos, o que duplica a mortalidade por doenças cardiovasculares e aumenta a incidência de casos de infartos fatais e não fatais.