Alimentação Saúde e Bem Estar

Sal, Sódio e Quantidade Ideal no Alimentos: Dicas do Ministério Saúde

O sal é o grande vilão em casos do aumento da pressão arterial. O sal de cozinha contém um elemento de nome sódio que  é o principal responsável pela hipretensão ou pressão alta.

Chamado de cloreto de sódio na química, ou seja, cloro e sódio, o sal está em quase todas os alimentos industrializados que comemos, inclusive os doce, levando-nos a ingerir uma dose muita elevada de sódio, muito além do que necessitamos diariamente. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o ideal é não ultrapassar o limite de consumo de 2 gramas de sódio por dia, o que equivale a 5 gramas de sal. Cada grama de sal contém 400 miligramas de sódio.

Pesquisas indicam que comemos em média 12 gramas de sal por dia, uma quantidade que representa ameaça ao sistema circulatório. O sal causa a pressão alta, uma doença silenciosa, que aos poucos vai danificando as veias e artérias, levando ao infarto, Acidente Vascular Cerebral (AVC), podendo levar a morte ou deixar sequelas graves. 

O grande vilão da saúde, o excesso de sal deve ser evitado, e está vigente nas pautas dos agentes de saúde Brasileira. O Ministério da Saúde e indústria têm acordo para reduzir quantidade.

 Veja abaixo quadro do Ministério de Saúde mostrando a quantidade de sódio em alguns alimentos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fonte – Bem Estar, G1.
Assuntos do Artigo:
  • Quantidade de sal por dia

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.