Scroll Top

Comportamento

Separação – O que é menos Traumático para os Filhos

Separação dos pais – O que é menos Traumático para os Filhos

Separação e as crianças

Quando o casamento não deu certo e o relacionamento do casal se torna insustentável, muitas pessoas optam pelo divórcio, algo que tem se tornado cada vez mais comum hoje em dia. Embora pareça a melhor alternativa para os pais, um divórcio pode ser muito traumático para os filhos, especialmente quando o casal não consegue lidar com a situação da melhor maneira possível.

É importante lembrar que as crianças são muito sensíveis ao que acontece a sua volta, principalmente quando a situação envolve a sua família e tudo o que até então a fazia sentir-se segura e protegida. A posição dos pais no caso de uma separação pode ser decisiva na maneira dos filhos reagirem a novidade.

A Guarda Compartilhada pode ser apontada como a menos traumática em uma separação, já que permite que tanto o pai quanto a mãe mostrem-se igualmente responsáveis pela criança.

É claro que não se trata de uma solução mágica, já que um trabalho de adaptação deve ser feito pelos pais para que os benefícios sejam viabilizados.

O casal precisará manter o diálogo aberto com os filhos e administrar os seus conflitos, para que as suas decisões sejam embasadas da criança e não em um jogo de poder.

Por fim, não podemos nos esquecer de que cada criança tem uma reação mediante uma separação e que o melhor regime é aquele em que o desenvolvimento e a integridade do filho são preservados.

Gostou das dicas sobre separação e filhos, comente. Estamos atualizando diariamente nosso site com informações e novidades em geral, confira visitando-nos.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Separação – O que é menos Traumático para os Filhos!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: