Filmes e Cinema

O Show de Thurman: o Show da Vida, Resenha do Filme com Jim Carrey

O Show de Thurman

o-show-de-trumam-filmeO filme O Show de Truman: o Show da Vida, do diretor Peter Weir, mesmo tendo sido lançado no ano de 1998 é considerado um clássico extremamente original e atual. Estrelado pelo ator Jim Carrey, ele trata de temas como mídia, privacidade, livre-arbítrio e os limites da manipulação. Justamente por permitir análises profundas, ele tem gerado reflexões filosóficas, sociológicas e tem se tornado um verdadeiro instrumento de estudo em escolas e faculdades.

Pensando nisso nós resolvemos preparar este post com uma resenha do filme O Show de Truman: o Show da Vida. Confira:resenha do filme O Show de Truman:

Resenha do filme O Show de Truman

Truman Burbank é um homem de 30 anos que parece levar uma vida normal. Casado com uma esposa bonita, ele tinha um emprego estável como vendedor de apólices de seguro de vida e sempre se encontrava com um amigo de infância, Marlon. Ainda quando criança perdeu o pai num trágico acidente marítimo e desde então passou a conviver com um medo muito grande de água e dificuldades para sair da pequena ilha de Seaheaven em que vivia.

Ele cresceu como um jovem normal a não ser por pequenos acontecimentos incomuns que pouco a pouco começam a intrigá-lo. Durante o colégio, por exemplo, conheceu uam jovem por quem rapidamente se apaixonou, mas que sempre desaparecia misteriosamente antes que tivessem a oporunidade de conversar. Certo dia, quando conseguiu encontrá-la a moça pareceu querer dizer algo muito importante e revelou que a vida de Truman era um programa de televisão, mas logo depois foi levada embora por um homem que garantiu ser seu pai e nunca mais foi vista pelo rapaz. Num outro dia ele teve certeza de ver o seu pai como mendigo na rua e antes que pudesse conversar com o homem ele foi retirado de cena por duas pessoas aparentemente comuns que passavam por lá.

Conforme os anos iam passando, só crescia em Truman a sensação de que tudo o que acontecia em sua vida era manipulado, ele nunca conseguia fazer o que realmente queria e sempre que tinha o desejo de sair de Seaheaven, algum acontecimento catastrófico o levava a mudar de ideia. Neste ponto do filme já começa a ficar claro para quem assiste que há algo de muito incomum na vida de Truman. De fato, todos à sua volta sabem de absolutamente tudo o que acontece em sua vida e mais do que isso, telespectadores do mundo inteiro sabem de tudo o que acontece na vida de Truman.

show-de-truman

O protagonista do filme teve o seu nascimento transmitido mundialmente e quando ainda era um bebê foi adotado por uma empresa que transformou sua vida num programa de televisão, o Show de Truman. Para isso foi criado o maior estúdio de todos e o número de atores correspondente à população de todo um país foi contratada, tudo de modo que o rapaz não descofie que vive num reality show repleto de merchandisings e eventos combinados.

O filme vai se tornando mais emocionante à medida que Truman parece começar a entender o que acontece à sua volta e tenta encontrar um meio de sair dessa realidade inventada sem que todos os que o observam desconfiem. Não faltam suspense e emoção, até que o protagonista encontre o seu final feliz, levando todos à refletirem sobre o modo como as nossas escolhas e decisões são influenciadas pelo ambiente em que vivemos. É possível pensar também no conceito de privacidade, como ela é afetada num mundo em que tudo parece conectado e como é fácil deixar de ser ético quando se transforma a vida pessoal de alguém em entretenimento. 

Mas e você, o que achou da resenha que nós preparamos do filme O Show de Truman: o Show da Vida? Se você fosse o diretor, daria um final diferente à produção? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.