Notícias

Uruguai Aprova Projeto de Lei sobre Venda, Produção da Maconha, Efeito

Uruguai Aprova Projeto de Lei sobre Venda e Produção da Maconha

maconha-projeto-de-lei-para-liberação-do-uso-e-vendaNesta terça-feira, dia 10 de dezembro de 2013, foram 16 votos a favor e 13 contra e projeto de Lei que  libera a produção e a venda da maconha no Uruguai. A proposta, ainda resta ser sancionada pelo presidente José Mujica, no prazo de 10 dias e após mais 120 dias, implantada.

Se a Lei for aceita e aprovada, a maconha será vendida no Uruguai a partir de abril de 2014.

São muitas as opiniões contra e a favor da liberação da produção e venda da maconha no Uruguai, senadores ainda discutem o tema pioneiro no mundo, e segundo o presidente José Mujica "Este é um experimento", falou em agosto passado, em entrevista à AFP. Disse ainda que "Podemos fazer uma verdadeira contribuição à humanidade". O presidente do Uruguai José Mujica afirmou também que a iniciativa visa frear o aumento da insegurança pública e desencorajar a violência associada ao narcotráfico.

O controle e regulamentação do cultivo, colheita, distribuição e comercialização da maconha estará sobre o controle do governo uruguaio. Residentes maiores de 18 anos, poderão plantar e cultivar até seis plantas, após fazer um cadastro. Será possível o acesso da maconha em farmácias ou clubes de usuários, sendo 40 gramas o limite máximo.

Confira as justificativas dos senadores durante a votação do projeto:

 – O oposicionista Pedro Bordaberry, contrário ao projeto, afirmou que “não se pode fazer experiência com isto, são coisas sérias demais. Como não posso combater o narcotráfico, o legalizo. Parece-me que este não é o caminho”.

 –  O senador Ernesto Agazzi, um dos que votaram a favor, expressou opinião diferente. “Creio que esta lei não é uma lei de legalização, é uma lei que regula, não é branda como dizem aqui”, disse. “Se o consumo está permitido, por que criminalizar o usuário?”

Os efeitos da maconha no corpo humano, segundo informações do biólogo Lucas Maia no programa Bem Estar, estão relacionados ao humor, memória, pulmões, atividades locomotora, podendo agitar ou causar lentidão dependendo da quantidade, causa dependência em 5 a 8% dos usuários.
Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa, dependendo também da característica da droga.
O uso terapêutico da maconha pode ser aplicado para amenizar efeitos colaterais da quimioterapia do câncer entre outros.
 
Deixe aqui sua opinião.

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.