Scroll Top

Educação

Vidas Secas: Resumo, Análise das Personagens, Vida do Autor e Tabela

Blog do João Pinheiro

Blog do João Pinheiro

O romance “Vidas Secas” foi escrito pelo alagoano Graciliano Ramos e publicado no ano de 1938. Pertencente à segunda fase do Modernismo, ele conta de forma bastante crítica a saga de uma família de retirantes no sertão brasileiro que vive sob o julgo da seca, da miséria e da fome.

Chamam a atenção na obra, que é narrada em terceira pessoa com discurso indireto livre, a falta de estabilidade e a ausência de diálogo entre as personagens. Isso porque Fabiano, sua esposa Sinhá Vitória e seus dois filhos levam uma vida tão privada de direitos, que não têm familiaridade com a fala, e se comunicam através de grunidos.

Tentando enfatizar as dificuldades enfrentadas por quem vive num ambiente hostil, Graciliano tornou o livro seco, fragmentado e repleto de violência. Há opressão em todos os lugares, seja na natureza que parece não favorecer a vida, no patrão ganancioso, que rouba o salário do funcionário, ou no Soldado Amarelo, que abusa de sua autoridade fustigando e prendendo inocentes.

Nós separamos alguns dados significativos da obra que vão te ajudar a refletir sobre a mensagem do autor:

graciliano-ramos

  • O nome Fabiano é também um adjetivo da língua portuguesa. Significa “pobre coitado”, “sem importância”;
  • Em vários momentos a cadela Baleia aparece mais humanizada do que a família, tentando prover seu sustento e oferecendo carinho ao filho maltratado;
  • No único momento em que se permite alguma vaidade, Sinhá Vitória é comparada a um “papagaio de salto alto”, o que deixa claro que ela não tem direito à própria femininidade;
  • É possível identificar uma tendência Determinista do autor quando ele mostra que o sonho do Filho mais novo é ser como o pai, o que sugere que ele não tem outra perspectiva de vida e suas possibilidades são limitadas desde a infância;
  • No episódio em que o Filho mais velho pergunta a mãe sobre o inferno, e é agredido pela mãe, é como se em meio a tantas desgraças eles também fossem privados do conhecimento e do direito de entender melhor o mundo;

Não podemos deixar de citar que o livro termina sem definir um final para a história da família. É como se mesmo na ficção seu destino fosse incerto, sem qualquer certeza ou garantia de dias melhores.

Mas e você, o que achou do texto? Ele te ajudou a entender um pouco melhor a obra “Vidas Secas” e seu contexto? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) (1 Votos, Média: 5,00 out of 5)
Loading...

Artigos Relacionados à Vidas Secas: Resumo, Análise das Personagens, Vida do Autor e Tabela!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: