Scroll Top

Música

Villa Lobos Biografia, Obras, Educação Musical, Fotos, Composições

Biografia de Villa Lobos

Heitor Villa-Lobos nasceu em 05 de março de 1887, no Rio de Janeiro, filho de  Noêmia Monteiro Villa-Lobos e Raul Villa-Lobos.

Apesar do empenho da família para que estudasse, e a vontade da mãe de que fosse médico, Villa-Lobos recebeu de seu pai, compositor, músico amador e funcionário da Biblioteca  Nacional instrução musical. Raul Villa-Lobos adaptou uma viola para que seu filho iniciasse seus estudos de violoncelo.

Aos 12 anos, já órfão de pai, Heitor Villa-Lobos começou a tocar violoncelo em bailes, cafés e teatros e tomar interesse pela música popular brasileira, os chorões do Rio de Janeiro, onde tocava violão.

Sempre viajando pelo Brasil, Villa Lobos absorveu a música de toda parte do Brasil e se deixou influenciar por ela, sendo acusado de revolucionário que provocara um rompimento com a música acadêmica no Brasil. Casou-se em 1913 com a pianista Lucília Guimarães vivendo no Rio de Janeiro.

As composições  de Villa Lobos que marcaram a influência de outras partes do Brasil foram: "Cair da Tarde", "Evocação", "Miudinho", "Remeiro do São Francisco", "Canção de Amor", "Melodia Sentimental", "Quadrilha", "Xangô", "Bachianas Brasileiras", "O Canto do Uirapuru", "Trenzinho Caipira".

Terminou em 1903 os estudos básicos no Mosteiro de São Bento. Costumava juntar-se aos grupos de choro, tocando violão em festas e em serenatas. Teve contato com músicos famosos como Catulo da Paixão Cearense, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e João Pernambuco.

Villa-Lobos realizou viagens pelo norte e nordeste do Brasil nos anos de 1905 a 1912. Ficou seduzido pelos instrumentos musicais, as cantigas de roda e os repentistas. A partir dessas experiências publicou "O Guia Prático", uma coletânea de canções folclóricas destinadas à educação musical nas escolas.

.Em 1915, Villa Lobos realizou o primeiro concerto com suas composições. Nessa época, já havia composto suas primeiras peças para violão "Suíte Popular Brasileira", peças para música de câmara, sinfonias e os bailados "Amazonas" e "Uirapuru". Villa Lobos foi muito criticado, pois os críticos consideravam seus concertos modernos demais. Mas assim que se apresentava no Rio e São Paulo, ganhava reconhecimento e fama.

.Nos anos seguintes, Villa Lobos fez apresentações em várias partes do mundo. Em Buenos Aires, se apresentou com o quarteto de cordas nº2 em 1919; participou de três espetáculos no Teatro Municipal de São Paulo, onde apresentou, entre outras obras, "Danças Características Africanas" e "Impressões da Vida Mundana"; em1923 viajou para Paris financiado pelos amigos e pelos irmãos Guinle.

Villa Lobos, com apoio do pianista Arthur Rubinstein e da soprano Vera Janacópulus, foi apresentado ao meio artístico parisiense, fazendo grande sucesso com seu trabalho musical.
Heitor Villa-Lobos voltou ao Brasil no final de 1924. Em 1927, voltou à Paris com sua esposa Lucília Guimarães, para fazer novos concertos e iniciar negociações com o editor Max Eschig.

.Em 1930, voltou ao Brasil para realizar um concerto em São Paulo e teve a oportunidade de  apresentar seu plano de Educação Musical à Secretaria de Educação do Estado de São Paulo.

.Em 1931, o maestro organizou uma concentração orfeônica chamada "Exortação Cívica", com 12 mil vozes. Após dois anos assumiu a direção da Superintendência de Educação Musical e Artística. A partir de então, a maioria de suas composições se voltou para a educação musical. Em 1932, o presidente Vargas tornou obrigatório o ensino de canto nas escolas e criou o Curso de Pedagogia de Música e Canto. Em 1933, foi organizada a Orquestra Villa-Lobos.

.Villa-Lobos em 1936 apresentou seu plano educacional em Praga e depois em Berlim, Paris e Barcelona. Nesta época se separou de Lucília e assumiu seu romance com Arminda Neves de Almeida. Voltando ao Brasil, regeu a ópera "Colombo" no Centenário de Carlos Gomes e compôs o "Ciclo Brasileiro" e o "Descobrimento do Brasil" para o filme do mesmo nome produzido por Humberto Mauro, a pedido de Getúlio Vargas.

.Em 1942,  o maestro Leopold Stokowski e a The American Youth Orchestra visitaram o Brasil, recomendados pelo presidente Roosevelt. Stokowski realizou concertos no Rio de Janeiro e pediu para Villa-Lobos selecionar os melhores músicos e sambistas, para gravar a Coleção Brazilian Native Music. Villa-Lobos reuniu Pixinguinha, Donga, João da Baiana, Cartola e outros, que sob sua regência realizaram apresentações e gravaram a coletânea de discos, pela Columbia Records.

.Em 1944 e 1945, Villa-Lobos viajou aos Estados Unidos para reger as orquestras de Boston e de Nova York, onde foi homenageado. A Academia Brasileira de Música foi fundada em 1945 por Villa-Lobos. Dois anos antes de sua morte, o maestro compôs "Floresta do Amazonas "para a trilha de um filme da Metro Goldwyn Mayer. Realizou concertos em Roma, Lisboa, Paris, Israel. Foi também  presença importante no cenário musical latino-americano.

Após morar nos Estados Unidos da América entre 1957 e 1959, Villa-Lobos retornou ao Brasil para as comemorações do aniversário do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Adoentado, foi internado para tratamento e veio a falecer em novembro de 1959.

.Escreva aqui um comentário sobre o grande músico e compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos.

Assuntos do Artigo:
  • obras de educação musical

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Villa Lobos Biografia, Obras, Educação Musical, Fotos, Composições!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: