Notícias

Violência contra a Mulher: Lei Maria da Penha, Denúncias e Burocracia

Mesmo com a criação da Lei Maria da Penha, não podemos dizer que o Brasil é um país que oferece segurança às mulheres. Isso porque mesmo quando os casos de agressão são denunciados, muitas vezes a impunidade impede que os agressores paguem pelos seus crimes e o resultado disso é ainda mais violência.

Nos últimos seis anos o serviço de denúncias (Ligue 180) recebeu mais de três milhões de ligações, um número que indica que cada vez mais as mulheres estão perdendo o medo e reagindo à violência. O que estaria impedindo um avanço no combate às agressões a mulher?

Alguns analistas apontam que o problema seria a lentidão do poder Judiciário e até mesmo a negligência doa juízes que enxergam as denúncias sob uma visão machista e preconceituosa. A lei existe, mas muitos ainda não estão preparados para colocá-la em prática!

O grande problema dessa morosidade é os riscos que ela impõe à própria vida da mulher. Os casos de crimes passionais só aumentam sendo que muitos deles são “motivados” por denúncias não concretizadas, onde o agressor continua solto e resolve se vingar.

A grande pergunta é: até quando veremos mulheres serem violentadas e mortas sem que algo seja efetivamente feito? Será a Lei Maria da Penha insuficiente diante de tanta burocracia e pouco caso? Qual é a sua opinião sobre esse assunto? Deixe o seu comentário aqui no blog Essas e Outras.

Assuntos do Artigo:
  • violencia contra a mulher lei maria da penha fotos
  • crimes machistas contra a mulher pela a lei

Comente Via FaceBook

Comentários


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.