Scroll Top

Curiosidades

Zappelin, o Dirigível LZ-127 Corta o Céu do Rio de Janeiro em 1926

 

 

          O dirigível Alemão LZ – 127 Graf cortou o céu do Rio de Janeiro em maio de 1930, recebendo aplausos dos cariocas que testemunharam perplexos o acontecimento. Olhavam de janelas, sacadas de prédios e residências dos que estavam na rota do dirigível. Foi um acontecimento histórico que ganhou a admiração de milhares de pessoas  que radiantes viam e ouviam sobre a novidade.

          O acontecimento foi visto por todos que como um bom remédio contra o stresse, causava bem-estar para quem vivenciava. Promoveu ainda através da midia anúncios, gerando muitas propagandas.

          Saindo da América do Sul, em viagem de volta ao mundo em 1929 , manteve a rota com vôos periódicos até 1938.

          Em 1930 começou a fazer viagens regulares com passageiros, cargas e postais.

 

 

          Em 26 de dezembro de 1936 foi inaugurada uma linha regular que fazia ligação de Frankburg, na Alemanha, com escala em Recife.

          Para o Brasil, o dirigível Zappelin fez mais de 100 viagens em sete anos dos 9 anos que manteve a atividade.

          O compositor, maestro e músico Brasileiro Villa-Lobos teve o prazer de ser um dos passageiro do LZ-129, saindo do Rio de Janeiro para Europa.

          Das nove viagens que a companhia Alemã fez da Europa para o Brasil de ida e vinda, quatro foram feitas pelo Hindenburg e cinco delas pelo Graf Zeppelin.

          Para abrigar os dirigíveis foi construído um grande hangar para possibilitar a regularização dos vôos. O presidente Getúlio Vargas participou da inauguração do hangar. Para prender os dirigíveis eram preciso uns 200 homens na pista.  

          Em 1937 decolou o último Zeppelin em direção a Europa.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Zappelin, o Dirigível LZ-127 Corta o Céu do Rio de Janeiro em 1926!


Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: